Eu sei que vocês já viram eu falar sobre a Chapada do Veadeiros aqui: http://www.tipsfortrips.com.br/to-chapada/ , mas um lugar tão maravilhoso vale a pena repetir.

No último feriado fomos para lá (4-7 de junho). Desta vez, escolhemos ficar em Cavalcante.

Cavalvante é uma cidade pequena e, embora esteja ao norte do Parque Nacional da Chapada dos Veadeiros, a maioria das atrações que estão abertas para visitação ficam fora do parque.

Como a cidade possui várias cachoeiras, a nossa sugestão é de passar pelo menos 4 dias (2/3 dias apenas para os passeios e 1 para a viagem) e três noites para conhecer um pouco das belezas naturais que a cidade oferece.

É difícil escolher qual roteiro fazer, pois todas as cachoeiras são muito bonitas, algumas ficam mais longe e outras mais perto, por isso, é preciso se organizar e acordar cedo.

Sugestão de roteiro

Dia 1: São Bartolomeu ou Vereda

Se você chegou cedo (antes do 12:00), vá para a Cachoeira de São Bartolomeu ou para Vereda. Ambas estão a 10 km da cidade. Todo o percurso é de estrada de terra. Chegando lá, tem uma trilha de 2km para chegar até as cachoeiras.

A trilha para a Vereda tem uma subida mais íngrime, por isso o  nível de dificuldade é maior.

Obs: nós chegamos por volta das 16h e acabamos não visitando esse atrativo.

Dia 2:  Santa Bárbara e Capivara 1

Para o segundo dia, a sugestão é de visitar a Cachoeira de Santa Bárbara. A cachoeira tem uma água azul, maravilhosa. São duas cachoeiras, uma menor e uma maior. As duas são incríveis e com uma cor maravilhosa!!

Como a cachoeira é mais fechada, o sol bate apenas pela manhã, por volta das 10h às 13h. Por isso, saia cedo.

Trilha

Santa_Barbara1

Santa-Barbara

 

Depois, mais para frente, tem a Capivara. Uma cachoeira mais aberta com várias quedas e uma piscina bem grande. De lá, da para ver o Canyon da Capivara 2, porém a trilha para chegar nela seria para um outro dia.

Capivara2

Capivara3

Antes de sairmos para a trilha, deixamos nosso almoço reservado no Engenho (no CAT) para nossa volta que foi perto das 15h. A refeição custa entre 20-25 reais.

Essa atração fica a 25km de Cavalcante de estrada de terra. A estradinha é bem ruim, então se você tiver em um carro alto, melhor, se não, vá com muita calma para não acabar com seu carro.

Se você deixar o carro no CAT (centro de atendimento ao turista) no Engenho, são 6km de trilha moderada. Se você for de carro até o último lugar que  pode deixar, são 2km.

Dica: Ir do Engenho até o último ponto de carro, só é aconselhável se você tiver um carro alto e 4×4, pois a estradinha tem alguns pontos que o carro pode não passar. Outra coisa, é muito comum as pessoas perderem as placas do carro. Vá com cuidado.

Volta

A Santa Bárbara é uma das cachoeiras mais conhecidas e mais visitadas. Em feriados, a visitação é liberada por apenas uma hora.

A visita é permitida com guia e custa 20 reais por pessoa para entrar mais 70 reais do guia. Sugestão: divida o guia com outras pessoas. Se passar de 10 pessoas, o preço mínimo é de 10 reais por cabeça.

Dia 3: Cachoeira do Rio da Prata

Para mim, esse passeio é o mais bonito. Apesar de estar a 65km de Cavalcante, de estrada de terra (2h de carro), 7km de trilha, é possível visitar 7 cachoeiras em todo o percurso. De novo, essa trilha deve-se ir com guia que custa entre 120-150 reais.

Nós fizemos as cachoeiras na seguinte sequencia: 5 -6 -7 – 3 – 2 – 1. (não fomos a 4).

Antes de chegarmos a Cachoeira Rei do Prata (#7), a principal do percurso, passamos pelas cachoeiras 5 e 6. São 7 km de trilha, porém é um percurso mais plano e cheio de belezas naturais. O passeio é um pouco cansativo, mas vale muito a pena!!

Trilha2

A #5 tem quedas menores, a água é transparente e tem uma piscina maravilhosa para nadar e se refrescar (para mim, foi o melhor banho de cachoeira do passeio). Ela não fica tão cheia, por ser menos famosas. Por possuir algumas pedras no meio, ela é um pouco mais perigosa, porque as pedras são bem escorregadias. Tem algumas pedras em volta que dá para deixar as coisas e fazer um piquenique. Pode parar tanto na ida quanto na volta

#5

#5_1

Em seguida, já é a cachoeira #6. Os Kalungas (ex-quilombolas que moram na comunidade)  a chamam de Sumidouro, porque não é permitido entrar na cachoeira.

E mais a frente, a Rei do Prata. A Rei tem água da cor da pedra esmeralda e uma piscina enorme para nadar. Sua queda tem 12 metros e em volta tem uma pequena parte de areia e pedras, onde é possível deixas as mochilas e fazer um lanche. É a principal e mais bonita cachoeira do percurso.

Reidoprata1

Reidoprata

Voltando os 7k, passamos pelas cachoeiras #5 e #6 de novo ( foi quando entramos na 5) e pela #3, #2 e #1.

A #3 é bastante funda e para quem gosta de pular, vai aproveitar bastante. O salto tem +/- 4 m de altura. Essa cachoeira tem um poço bem fundo de águas transparentes e uma queda de 20m.

#3_3

#3_2

Já finalizando, passamos pela #2, que é conhecida como Pedra Furada. São várias piscinas pequenas, tipo os buracos da lua e dá para mergulhar de um buraco para o outro.

Por fim, a #1 é conhecida como Pratinha, possui algumas quedas de 6m e uma ótima piscina para banho. O mais gostoso nela é ficar embaixo das quedas e receber uma massagem natural.

#1_Pratinha

 

Dica: saia por volta das 8h da manhã. São 2h de carro e mais 2h de trilha. Na volta, saia da cachu do Rei da Prata até umas 14h para não pegar a estrada muito escura.

SeuJoão

Seu João, nosso guia. Super indico!

 

Dia 4: Volta para casa

Se estiverem no pique, no caminho de volta, sentido Brasília, tem o Poço Encantado. A trilha tem menos de 1km e é de fácil acesso.

Se não estiverem, durmam até mais tarde e tomem aquele café da manhã, para pegarem a estrada bem tranquilos.. :) (foi o que fizemos)

 De volta das trilhas, bateu aquela fome

A cidade possui algumas opções e elegemos 3 delas para as 3 noites do roteiro:

Vá em uma das noites comer crepe no centro. O crepe é grande e bem recheado. No dia que fomos estava bem lotado e esperamos 1h para comer.

Em outro dia, vá na pizzaria Encanto da Pizza . A pizza é muito gostosa, com massa bem fininha e várias opções de sabores. Ambiente mais romântico e eles não cobram rolha.

Encanto-da-Pizza

Encanto da Pizza – 1/2 Calabresa e 1/2 Abrobrinha com Gorgonzola

Na última noite, sugiro conhecer a Cervejaria Aracê. O cardápio oferece de empanadas a picanha e as cervejas são artesanais. Aos finais de semana costuma ter forró.

Onde ficar

A cidade tem várias opções de pousadas mais caras e mais baratas. Como a cidade é pequena e para a maioria  das atrações é preciso ir de carro, a localização das pousadas não importa tanto.

Depois de olharmos algumas pousadas, escolhemos ficar na Pousada Vila dos Ipês: http://viladosipeschapada.com.br/.

Super aconchegante e com um jardim maravilhoso, a pousada fica perto da entrada da cidade e perto do centrinho.

Vila-dos-Ipes-1

Jardim – Vila dos Ipês

Os próprios donos cuidam da pousada 100% do tempo. Eles tem o maior cuidado e carinho com os hóspedes, adoram conversar e fazem um café da manhã maravilhoso. Nos deram ótimas dicas, foram super atenciosos e nos ajudaram com a placa do carro que tinha caído :) .

Vila-dos-Ipes-2

Andreia, eu e Ricardo – Pousada Vila dos Ipês

Os quartos são super limpos e arrumados, possuem varanda e rede. Tem WIFI pela pousada toda.

Eu AMEI  a pousada Vila dos Ipês e, com certeza, me hospedaria lá de novo.

Quando ir

O tempo das secas é  entre abril e setembro; e a chuva, entre outubro e maio. As duas estações possuem belezas singulares para a visitação. Nós sugerimos a seca, para não correr o risco de pegar alguma cachu fechada por conta das chuvas.

Dicas gerais

$$: Em alto do Paraíso tem Itau e BB, em São Jorge não há bancos e em Cavalcante apenas BB. Levem dinheiro trocado, porque poucos lugares aceitam cartão.

Celular: O sinal de celular pega muito mal ou quase não pega. Na região, o melhor sinal é o da VIVO.

Roupas: Leve roupas leves, tênis para caminhada, roupas de piscina, toalha, boné/viseira/chapéu, chinelo e mochila.

Lembrem-se de levar repelente, muita água, frutas e lanches para as trilhas, máquina fotográfica e um kit primeiro socorros.

Se forem de casal, levem um vinho para tomar a noite. :)

Oquecomer_snack

 

Boa viagem,

Tft

fim-de-tarde Tchau

 

comentários (2)

  • Vini

    Uau, a foto que fecha o post ficou maravilhosa. Mal da pra acreditar q o céu tem tantas variações de cor. Muito bacana o post! Qual a melhor forma de chegar via SP? Presumo que BSB…

    Abs

    Responder

Deixe seu comentário